Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você

Compartilhe:

Você certamente já deve ter ouvido falar deste tipo de dieta: a famigerada dieta cetogênica.

A dieta cetogênica ganhou popularidade nos últimos anos, mais especificamente nos últimos meses, como uma forma efetiva de queimar gorduras e emagrecer de maneira rápida e saudável.

Se você está cansada de dietas que não funcionam e está disposta a apostar em algo totalmente novo, a dieta cetogênica pode ser uma boa opção para você que sempre sonhou em emagrecer.

Lembrando que nem sempre se quer emagrecer por vaidade. Às vezes precisamos perder peso por causa da coluna, ou outras necessidades ou recomendações médicas.

Aqui a prioridade é sua saúde!

 

Dieta cetogênica na prática

 

Se você acompanha nossos artigos já deve saber que as dietas, na prática, consistem em um corte de alimentos visando reduzir a nossa ingestão calórica e, consequentemente, levar à perda de peso forçando o nosso corpo a trabalhar com os estoque de gordura como fonte de energia.

O problema da grande maioria das dietas é que embora reduzam a ingestão de determinados alimentos, continuam com uma boa ingestão de carboidratos, fonte importante de energia.

É justamente o que não ocorre na dieta cetogênica que busca a diminuição de alimentos cortando a ingestão de carboidratos, fazendo o nosso corpo usar como fonte de energia a gordura acumulada, te levando desta forma, ao emagrecimento.

Este tipo de dieta antes de ser utilizado para acelerar a perda de peso tinha e ainda tem grande utilidade no tratamento do câncer, visto que as células doentes se alimentam em suma de carboidratos e AMAM açúcar. Isto você pode conferir no nosso eBook grátis que fala sobre o açúcar.

Na prática, quando falamos de dieta cetogênica estamos falando do corte brusco na ingestão de carboidratos e na maior ingestão de proteínas e gorduras.

Mas você deve estar se perguntando: ” – Como emagrecer? O que comer nessa dieta?”1f914 - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você

 

O que comer na dieta cetogênica?

 

Essa é uma dúvida que certamente está gritando na sua cabeça nesse exato momento porque, se olharmos a tabela nutricional dos alimentos que consumimos, todos possuem carboidratos.

Mas aí é que está o segredo! Não vamos buscar alimentos embalados. 1f609 - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você

A dieta cetogênica concentra-se na ingestão de alimentos naturais, frutas, verduras, legumes, grãos, sementes e carnes.

O consumo de carboidrato, embora seja cortado de modo acentuado, não chega a ser zerado totalmente.

Nesse tipo de plano alimentar o seu adepto chega a ingerir no máximo cerca de 15% de carboidratos (isso em relação ao valor normal que deveria ingerir diariamente).

Mas alimentos como feijões, produtos industrializados, massas, arroz, leite, doces, milho e correlatos estão totalmente proibidos.

Pelo corte acentuado nas fontes de carboidrato aumenta-se consideravelmente a ingestão de gorduras, contudo, gorduras oriundas de boas fontes, como oleaginosas, por exemplo.

A dieta cetogênica é basicamente fundamentada sobre uma ingestão alta de gorduras e proteínas. Sendo a proteína responsável por 30% da ingestão diária.

Para turbinar a ingestão de proteínas busca-se fontes de origem animal, aumentando a ingestão de carnes, frangos e ovos.

Desta forma, tanto a carne quanto o frango devem estar presentes em todas as refeições principais que você fizer.

Os ovos e ademais fontes de proteínas estarão presentes nas refeições extras  feitas neste intervalo entre as refeições principais.

 

Atividades físicas e a dieta cetogênica

 

Embora o nosso corpo comece a utilizar a gordura estocada como fonte energética quando tem falta de carboidratos, para aqueles que praticam regularmente atividades físicas de média a alta intensidade uma variação da dieta cetogênica costuma ser mais indicado. A dieta cetogênica cíclica.

Nela a ingestão de carboidratos é permitida em determinados dias.

Por exemplo, você mantém a dieta cetogênica durante cinco dias da semana (sem a ingestão de fontes de carboidrato) e nos últimos dois dias está liberado a ingestão moderada.

Nestes dois dias todas as fontes proibidas nos outros cinco dias são permitidos. Pães, massas, leites (prefira sempre os integrais) são totalmente permitidos nestes dois dias.

Passado este período, o adepto da dieta cetogênica volta para a sua alimentação regular, praticamente com zero ingestão de carboidratos.

É preciso ressaltar que embora os alimentos proibidos sejam permitidos nestes dois dias, ainda é indicado que alimentos altamente calóricos ou ricos em açúcares sejam evitados (o caso de bolos, doces em geral e ademais).

Se quiser saber TUDO sobre o açúcar, num guia COMPLETO, como o que ele causa no seu organismo e o que fazer, clique aqui.

Evite o consumo de açúcares e você conseguirá emagrecer naturalmente.

Em nosso organismo o açúcar dispara a liberação de insulina na corrente sanguínea, o que aumenta as chances de estocarmos gordura bem como aumenta o nosso apetite nos fazendo comer mais.

 

 

Quero meu eBook gratuito com TUDO sobre o açúcar

 

Conheça os benefícios da dieta cetogênica para o seu organismo

 

O principal benefício da dieta cetogênica sem dúvida é garantir um rápido emagrecimento.

Seguindo certinho todos os passos e respeitando os alimentos permitidos e proibidos é esperado que o adepto desse tipo de dieta perca cerca de oito quilos em apenas um mês. 1f631 - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você1f631 - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você1f44f - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você1f44f - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você1f44f - Dieta cetogênica: Passo a passo definitivo para a funcionar com você

 

 

Um número realmente bem expressivo para quem está acostumado a fazer dietas mirabolantes.

Mas além de garantir um rápido emagrecimento, a dieta cetogênica ajuda na eliminação dos líquidos retidos por dentre outros motivos, o excesso de sal na alimentação, bem como fornece as quantidades recomendadas de ácidos graxos.

Os ácidos graxos em nosso corpo tem a função de melhorar a nossa saúde cardiovascular, sendo esta a sua principal função.

Apesar dos benefícios que apresenta, esse tipo de dieta trás inúmeros efeitos colaterais, como toda e qualquer dieta.

Por esse e por outros motivos é indicado que a dieta seja seguida apenas por, no máximo, três meses.

Tempo em que é possível aproveitar ao máximo os seus benefícios sem comprometer seriamente a sua saúde.

 

Efeitos colaterais deste tipo de dieta

 

O principal efeito colateral da dieta cetogênica é sentido logo nos primeiros dias.

Um extremo cansaço, tanto físico quanto mental, que pode desanimar quem está começando.

Mas que vale a pena por conta dos seus resultados futuros.

Outro efeito colateral constatado neste tipo de regime alimentar é a sobrecarga do fígado que precisa se desdobrar para converter nossos estoques de gordura em energia, e sem contar com as novas fontes de carboidrato ingeridas por meio de nossa alimentação diária.

É o fígado o órgão responsável por converter nossas fontes de energia em energia de fato. O processamento de nossas fontes energéticas.

Os rins também são sobrecarregados neste tipo de alimentação.

Alguns adeptos desse tipo de dieta já inclusive foram diagnosticados com cálculos renais ocasionados pela alimentação que adotaram.

Ainda é tido como um efeito colateral da dieta cetogênica um aumento considerável do colesterol.

Isso acontece porque tanto a ingestão quanto a presença de gorduras na corrente sanguínea são maiores.

Outro ponto importante que reforça que a dieta cetogênica não deve ser feita por longos períodos é o fato de ser extremamente pobre em nutrientes como vitaminas, minerais e fibras.

 

O que é importante saber antes de começar

 

O primeiro passo que você precisa dar antes de adotar a dieta cetogênica é conhecer os efeitos colaterais que essa alimentação pode acarretar para você.

Por menor a chance de incidência é preciso que você saiba de todos os riscos.

Estando de acordo com os riscos aos quais você está exposto ao adotar a dieta cetogênica, o primeiro passo antes que você de fato comece nesse modelo alimentar é comprar todos os produtos permitidos que você gostaria de consumir.

Se você mora sozinho é mais fácil evitar a entrada de alimentos proibidos.

Se você mora com amigos, familiares ou cônjuges, evitar estes alimentos vai depender de uma extrema força de vontade e determinação sua.

Para que a dieta cetogênica funcione e você realmente consiga emagrecer com ela, é fundamental que o seu corpo entre em cetose, processo que demora cerca de 10 dias após o início dessa nova alimentação e que pode ser colocado a perder com a ingestão excessiva de carboidratos. Por isso, assim que começar o seu novo plano alimentar, mergulhe de cabeça.

Agora que você já comprou todos os alimentos que deseja consumir, procure na internet (se estiver fazendo a dieta sozinho) um cardápio cetogênico para seguir.

Lembre-se de escolher aquele que mais se adequa ao seu paladar e a sua rotina.

Abaixo separamos um cardápio barato e fácil de fazer que você pode adotar.

Aqui vale a regra da alimentação de três em três horas.

 

Cardápio cetogênico para você

 

 

  • Café da manhã:

          ovos mexidos feitos com óleo de côco ou banha de porco

          3 castanhas do Pará

          água de coco

 

  • Lanche da manhã: Oleaginosas e leite de côco

 

  • Almoço: No almoço invista no consumo de verduras e carnes. Um bom prato pode ser composto de:

            brócolis refogado com óleo de côco

            salada de pepino

            alface ou couve

            filé de frango

            peixe ou bifes de carne vermelha generosamente gordas

 

  • Lanche da tarde: Abacate ou ovos mexidos

 

  • Jantar: Você pode repetir o prato consumido no almoço ou investir em outras combinações priorizando a ingestão controlada de carboidratos, cerca de 30% de proteínas e fontes de gorduras boas.

 

Se você quiser fazer o download desse cardápio em PDF de alta definição pra levar aonde quiser ou até mesmo imprimir, clique no botão abaixo ou nos chame no whatsapp no cantinho à sua esquerda.  😉 

 

Contraindicações

 

Apesar dos benefícios que comprovadamente a dieta cetogênica traz aos seus adeptos, há algumas contraindicações.

Ou seja, pessoas as quais esse tipo de alimentação não é indicado.

São elas:

  • Pessoas com mais de 65 anos, onde a falta de nutrientes pode acarretar problemas de saúde diversos.
  • Pessoas com histórico de cálculos renais ou insuficiência hepática podem desencadear doenças no longo prazo (como vimos, a dieta cetogênica pode comprometer diretamente estes dois órgão, fígado e rim).Por isso quem já apresenta disfunções nestes órgãos deve evitar esse tipo de regime alimentar, bem como pessoas que fazem tratamento com cortisona.
  • A dieta cetogênica também é contraindicada para pessoas diagnosticadas com depressão e com o Transtorno Espectro Autista, doença de Parkinson e diabetes tipo 2.

 

Mesmo que seja possível seguir um cardápio cetogênico em casa, recomendamos fortemente que você procure ajuda de um profissional especializado que pode avaliar claramente se você está ou não apto a aderir a esse tipo de alimentação.

 

E você? Se animou para começar a dieta cetogênica?

Compartilha com alguém que você sabe que gostará!

Compartilhe conosco suas impressões essa dieta nos comentários!  😉

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *